Mercado de transferências: Bayern


Dos maiores times da Europa, o Bayern é, juntamente com o Manchester City, o que mais movimentou o mercado de transferências até o momento. Chegaram: Niklas Süle, Serge Gnabry, Sebastian Rudy e, nesta quarta-feira, Correntin Tolisso, contratação mais cara do clube (40 milhões de euros), junto com Javi Martínez. Além de Kingsley Coman, que estava emprestado pela Juventus e foi comprado em definitivo. Com exceção de Rudy, que já tem 27 anos e larga experiência na Bundesliga, as contratações seguem o mesmo perfil: apostas em jovens e na renovação de uma equipe que, este ano, perdeu Philipp Lahm e Xabi Alonso e tem como destaque os veteranos Ribéry (34 anos) e Robben (33).

A chegada do francês Tolisso, maior aposta até o momento e único não alemão dos recém-chegados, evidencia ainda uma clara disposição do time bávaro de abrir os cofres, visto que nos últimos anos o Bayern perdeu terreno na Europa para Real Madrid, Barcelona e até mesmo Atlético de Madrid, apesar de seguir dominante na Bundesliga. Tolisso, porém, ainda é uma aposta arriscada, dado, principalmente, o alto valor pago pelo meio-campista. Vale lembrar que ano passado o Bayern desembolsou 35 milhões de euros pelo português Renato Sanches, então com 18 anos de idade, que apenas ocupou o banco de reservas - e muitas vezes nem isso.

Mesmo que as contratações se mostrem promissoras, ainda não chegaram a Säbener Straße substitutos para as principais perdas do Bayern: Lahm e Xabi Alonso. Até o momento, o brasileiro Rafinha é o único lateral direito de ofício no elenco, com o jovem e talentoso Kimmich podendo ser improvisado. Mesmo que o forte de Kimmich seja a cabeça de área, o alemão já mostrou poder atuar em praticamente todas as posições no campo, mas ou ele substitui Lahm, ou substitui Xabi Alonso.

Com os cofres já abertos, o Bayern ainda não desistiu do chileno Alexis Sánchez, que pode muito bem bater o recorde de Tolisso e Javi Martínez. Mais uma vez, Sánchez, que seria uma excelente adição a qualquer elenco, não preenche uma carência na equipe bávara. Apesar dos cortejos do Real Madrid, Lewandowski não deve sair, e muito menos perder a titularidade. E Thomas Müller, que fez uma temporada bem ruim sob o comando de Ancelotti, é daqueles que deve passar a vida inteira em Säbener Straße.

A possível chegada de Sánchez implicaria na praticamente obrigatória saída de Douglas Costa, que perdeu espaço no time com a chegada do técnico italiano e já manifestou sua insatisfação. Mais inteligente seria a contratação de outro zagueiro de peso, mesmo que para a reserva - desafogando, assim, Kimmich, substituto de todos os jogadores do meio para trás - e de outro meio-campista já consagrado que pudesse se revezar com Thiago, Vidal e até mesmo Kimmich, que já tem cacife para ser titular.

Nos últimos quatro anos, vimos o Bayern cair vertiginosamente de produção na metade final da temporada - principalmente em abril, mês de maratona de jogos e de partidas decisivas - devido às lesões no elenco. A renovação do time visando ao futuro próximo parece estar bem encaminhada, porém substituir as perdas de Lahm e Xabi Alonso à altura e ter um banco que permita fazer rotações no time principal sem perder qualidade também deveriam estar no topo da lista de prioridades em Säbener Straße.

Crédito: fcbayern.com

You Might Also Like:
  • White Facebook Icon
    • White Twitter Icon
    Rio 2016
    Santiago Bernabéu
    Santiago Bernabéu
    Estádio Olímpico de Berlim
    Parken Stadium
    Estádio Olímpico de Berlim
    Estádio Olímpico
    Estádio Aquático
    Maracanã
    Grand Stade de Marrakech
    Centro Olímpico de Tênis
    Arena Olímpica do Rio
    Velódromo Olímpico
    Arena Carioca 1
    Allianz Arena
    Estádio Azteca
    Allianz Arena
    Staples Center
    Grand Stade de Marrakech
    Couto Pereira
    Mercedes Benz Arena
    Max-Schmeling-Halle
    Mercedes Benz Arena
    Ciudad Real Madrid, Valdebebas
    Estádio Olímpico de Amsterdã
    José Alvalade
    Amsterdam ArenA
    Camp Nou, orelhuda
    San Mamés
    Ramón Sánchez Pizjuan
    Caja Mágica
    Santiago Bernabéu
    José Alvalade
    Monumental de Núñez
    Estádio do Dragão
    Estádio da Luz
    Benito Villamarín
    Camp Nou
    Arena Fonte Nova
    Estádio Olímpico de Berlim
    Stadion An der Alten Försterei
    Estádio Olímpico de Berlim
    Sobre a autora

    Apaixonada por futebol desde 1981.

    Entusiasta de quase todos os outros esportes.

    Turista de estádios.

    Combinando a bola no pé e os dedos no teclado em seu próprio espaço.

     

    Procura por Tags

    © 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com