Estreantes brilham pelo Bayern


Depois de uma pré-temporada fatídica, o Bayern estreou para valer na Bundesliga. Na abertura do Campeonato Alemão 2017/2018, o time bávaro massacrou o Bayer Leverkusen, ao menos no primeiro tempo, e mostrou que vai brigar pelo título mais uma vez. E calou a boca de quem achava que o clube foi modesto no mercado de transferências: os recém-chegados Rudy, Süle e Tolisso foram os destaques da vitória por 3 a 1 na Allianz Arena. Dos novatos, apenas James Rodríguez, lesionado, não jogou.

Os dois primeiros gols do Bayern, ainda no primeiro tempo, foram produto dos três estreantes. O placar foi inaugurado pelo zagueiro Süle, após cobrança de falta de Rudy, e Tolisso fez o segundo, também de cabeça, com assistência de Vidal, que também teve ótima atuação. Dos três novatos, o francês foi o que se saiu melhor. Pouco após deixar a sua marca, colocou uma bola na trave e teve ainda outras duas finalizações perigosas. Fiquei ansiosa para ver o jovem meio-campista atuando pela direita ao lado de Robben, mas, quando o holandês entrou em campo, aos 16 minutos do segundo tempo, o Leverkusen tinha se tornado mais perigoso, com Julian Brandt em campo, e Tolisso teve de recuar.

O francês foi a maior contratação do Bayern nesta janela e na história do clube, chegando a Säbener Straße por 40 milhões de euros. Mais versátil e talentoso que Paulinho, o jogador tem sete anos a menos que o brasileiro e custou o mesmo valor: mais uma evidência de que o Barcelona não sabe atuar no mercado de transferências.

Neste primeiro jogo, apesar dos desfalques - Neuer, Boateng, Bernat, James, Thiago e Javi Martínez não ficaram nem no banco devido a lesões -, Ancelotti evidenciou que Kimmich será mesmo o substituto de Lahm na lateral direita e que Rudy atuará no lugar de Xabi Alonso à frente da zaga. E, no esquema do técnico italiano, Thomas Müller ainda segue um pouco perdido. Os três novatos, além de James e da versatilidade de Kimmich, Alaba e Rafinha, oferecem boas opções a Ancelotti, mas a lotação do departamento médico, que foi o principal problema do time alemão nas últimas temporadas, continua preocupando. O elenco está completo, mas precisa estar em plena forma, principalmente no desgastante e decisivo mês de abril.

O Bayer Leverkusen, porém, não foi o adversário ideal para a primeira prova efetiva do Bayern na temporada. Vindo de um ano desastroso e após perder seu principal jogador, Çalhanoğlu, a equipe rubro-negra foi totalmente inoperante no primeiro tempo. Foi apenas após a entrada de Julian Brandt - ainda busco explicações para o meia ter começado a partida no banco - que o Leverkusen passou a jogar e deu trabalho à defesa bávara. Destaque das seleções de base, já presente nas convocações da equipe principal e titular do time campeão da Copa das Confederações este ano, Brandt deve fazer sua última temporada em Leverkusen: em breve será cobiçado por clubes maiores (vale lembrar que ao fim desta temporada haverá a Copa do Mundo na Rússia).

A atuação desta sexta-feira mostrou um Bayern pronto para brigar pelo hexa da Bundesliga, mas a Champions é outra história. Para fazer frente ao melhores da Europa, o time bávaro terá de contar não só com os novatos, como também com os craques consagrados e os jovens no banco.

Crédito: facebook FC Bayern München

You Might Also Like:
  • White Facebook Icon
    • White Twitter Icon
    Rio 2016
    Santiago Bernabéu
    Santiago Bernabéu
    Estádio Olímpico de Berlim
    Parken Stadium
    Estádio Olímpico de Berlim
    Estádio Olímpico
    Estádio Aquático
    Maracanã
    Grand Stade de Marrakech
    Centro Olímpico de Tênis
    Arena Olímpica do Rio
    Velódromo Olímpico
    Arena Carioca 1
    Allianz Arena
    Estádio Azteca
    Allianz Arena
    Staples Center
    Grand Stade de Marrakech
    Couto Pereira
    Mercedes Benz Arena
    Max-Schmeling-Halle
    Mercedes Benz Arena
    Ciudad Real Madrid, Valdebebas
    Estádio Olímpico de Amsterdã
    José Alvalade
    Amsterdam ArenA
    Camp Nou, orelhuda
    San Mamés
    Ramón Sánchez Pizjuan
    Caja Mágica
    Santiago Bernabéu
    José Alvalade
    Monumental de Núñez
    Estádio do Dragão
    Estádio da Luz
    Benito Villamarín
    Camp Nou
    Arena Fonte Nova
    Estádio Olímpico de Berlim
    Stadion An der Alten Försterei
    Estádio Olímpico de Berlim
    Sobre a autora

    Apaixonada por futebol desde 1981.

    Entusiasta de quase todos os outros esportes.

    Turista de estádios.

    Combinando a bola no pé e os dedos no teclado em seu próprio espaço.

     

    Procura por Tags

    © 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com