Real, PSG e Neymar em embate crucial nas oitavas


Nesta segunda-feira foram sorteados os confrontos das oitavas de final da Liga dos Campeões. E por mais que eu goste de evitar os assunto óbvios, não tem como não falar do duelo Real Madrid x Paris Saint-Germain. É a prova de fogo para Neymar mostrar que pode comandar uma grande equipe rumo ao título da Champions. E um excelente desafio para o Real Madrid se redimir de um péssimo início de temporada na Espanha. Até porque, com o Barcelona oito pontos à frente - e Valencia e Atlético de Madrid entre os dois gigantes da Espanha -, o bicampeonato da Liga parece cada vez mais distante, e o título europeu deve ser novamente o grande objetivo merengue na temporada.

Na França o PSG tropeçou recentemente contra o Strasbourg e, pela Champions, perdeu a invencibilidade para o Bayern. Foram as duas únicas derrotas do time na temporada, que tem ainda dois empates. São impressionantes 20 vitórias e 78 gols marcados até agora, mas o mesmo Bayern, ainda em setembro, foi o único grande time que o PSG enfrentou por enquanto - exceção feita ao Monaco, que, apesar da espetacular campanha na temporada passada, vem alternando bons e péssimos momentos nesta época e não conseguiu nem se classificar à Liga Europa apesar de ter jogado no grupo mais fraco da Liga dos Campeões (junto com Besiktas, Porto e RB Leipzig).

Entre os principais clubes da Europa, os números do PSG só são comparáveis aos do Manchester City, que tem 21 vitórias, um empate e uma derrota. No entanto, enquanto o time de Pep Guardiola briga numa liga competitiva - mesmo que tenha alcançado a inédita marca de 14 vitórias seguidas -, a equipe francesa avança sem percalços na França, e uma eliminação precoce na competição europeia, mesmo que diante do atual bicampeão, poderia colocar toda a temporada - e seu exorbitante investimento - a perder.

À parte do duelo entre dois dos maiores times da atualidade, o confronto tem um sabor especial para Neymar. Será a primeira vez que o brasileiro enfrentará o maior rival de seu ex-time vestindo outra camisa que não a blaugrana. Com bom retrospecto nos clássicos - incluindo um gol em seu primeiro jogo contra os Merengues que ajudou o Barcelona a voltar a vencer o Real depois de cinco partidas de jejum -, espera-se que o atacante mantenha o nível contra o rival também pelo PSG. Afinal de contas, Neymar foi contratado justamente para que o time parisiense conseguisse finalmente superar adversários como Chelsea, Barcelona e Manchester City na briga pela Champions. E que adversário melhor nas oitavas de final que o Real Madrid para que a equipe francesa se mostre uma candidata séria ao título europeu?

Mais do que isso, o brasileiro trocou o Barcelona pelo PSG para ser o grande craque decisivo em duelos importantes contra times fortes, e esse é o passo que Neymar espera para dar para conseguir alcançar Messi e Cristiano Ronaldo na briga pelo prêmio de melhor jogador do mundo, grande obsessão do atacante.

Vale lembrar ainda que o Real Madrid foi o responsável pelas únicas duas derrotas do Barcelona nesta temporada: 3 a 1 e 2 a 0 com total domínio merengue na decisão da Supercopa da Espanha, logo após a saída de Neymar. As atuações desastrosas da equipe culé culminaram na compra de Dembélé por mais de 100 milhões de euros, numa tentativa desesperada de suprir a ausência do atacante brasileiro. E desempenhos decisivos de Neymar contra o time que humilhou o Barça poderiam não só aumentar o prestígio do craque, como também justificar a escolha de trocar a equipe catalã pelo PSG, mostrando que este está em um nível melhor que aquele.

Como se pode ver, já não bastassem serem confrontos entre dois dos melhores elencos do mundo, os embates entre Real Madrid e Paris Saint-Germain em 14 de fevereiro e 6 de março têm muitos outros ingredientes.

Crédito: Facebook Real Madrid CF e Facebook PSG - Paris Saint-Germain

You Might Also Like:
  • White Facebook Icon
    • White Twitter Icon
    Rio 2016
    Santiago Bernabéu
    Santiago Bernabéu
    Estádio Olímpico de Berlim
    Parken Stadium
    Estádio Olímpico de Berlim
    Estádio Olímpico
    Estádio Aquático
    Maracanã
    Grand Stade de Marrakech
    Centro Olímpico de Tênis
    Arena Olímpica do Rio
    Velódromo Olímpico
    Arena Carioca 1
    Allianz Arena
    Estádio Azteca
    Allianz Arena
    Staples Center
    Grand Stade de Marrakech
    Couto Pereira
    Mercedes Benz Arena
    Max-Schmeling-Halle
    Mercedes Benz Arena
    Ciudad Real Madrid, Valdebebas
    Estádio Olímpico de Amsterdã
    José Alvalade
    Amsterdam ArenA
    Camp Nou, orelhuda
    San Mamés
    Ramón Sánchez Pizjuan
    Caja Mágica
    Santiago Bernabéu
    José Alvalade
    Monumental de Núñez
    Estádio do Dragão
    Estádio da Luz
    Benito Villamarín
    Camp Nou
    Arena Fonte Nova
    Estádio Olímpico de Berlim
    Stadion An der Alten Försterei
    Estádio Olímpico de Berlim
    Sobre a autora

    Apaixonada por futebol desde 1981.

    Entusiasta de quase todos os outros esportes.

    Turista de estádios.

    Combinando a bola no pé e os dedos no teclado em seu próprio espaço.

     

    Procura por Tags

    © 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com